fbpx

Gestão de Estoque para o seu e-commerce B2B

Catálogo Virtual para a sua Confecção
Sabia que é fácil ter um catálogo virtual para seus clientes?

Quem vende para o atacado conhece a importância de ter uma gestão de estoque eficiente. Se as vendas da confecção são realizadas também por e-commerce, os desafios para manter o estoque organizado são ainda maiores.

É preciso calcular a quantidade dos pedidos, checar o que tem mais saída, avaliar as peças que empacaram da coleção anterior e por aí vai.

Por isso, se o estoque ainda é sinônimo de problema para sua confecção, este artigo com certeza é pra você.

Gestão de Estoque e a saúde financeira da empresa

Antes de mais nada, precisamos lembrar que o estoque por si só é um dos bens mais valiosos dentro do e-commerce. É o que está estocado que depois será transformado em fonte de renda para a confecção. Logo, uma gestão bem feita afeta diretamente a saúde financeira do seu negócio.

O estoque, independentemente do tamanho, representa um conjunto de investimentos. Ou seja, se não há saída, o dinheiro encontra-se parado.

Ainda que a maior parte das lojas virtuais comecem suas atividades de maneira compacta, o ideal é que a gestão de estoque seja feita desde o primeiro dia de vendas. Ou melhor, antes mesmo de ocorrer a primeira venda.

Em confecções menores, o gerenciamento de entradas e saídas de estoque tende a ser feito a partir de um inventário. Porém, num e-commerce as vendas ganham proporções maiores.

Portanto, o ideal é que gestor de estoque tenha ferramentas de apoio que facilitem sua organização e planejamento.

Como calcular o estoque inicial?

A princípio, não é possível mensurar com exatidão a quantidade de estoque inicial de uma loja virtual. Essa estimativa deve ser feita levando em consideração o segmento, o produto e o público-alvo do negócio

Acima de tudo, na nossa opinião, uma boa gestão garante a quantidade mínima de produtos para sustentar as vendas. Em outras palavras, ela permite que cada cliente encontre sempre o que precisa, sem a necessidade de buscar alternativas.

A gente já citou algumas vezes por aqui a importância de conhecer o seu potencial cliente. E veja só, até para montar um bom estoque você precisa ter essa análise bem mapeada.

Dessa forma, o estoque inicial servirá como modelo para que o empreendedor avalie quais serão os produtos com maior saída. 

Fique de olho no investimento. Lojas que começam com um número muito alto de produtos armazenados correm o risco de não venderem.

Gerenciamento das Vendas impactam no controle do estoque

Aqui na Arara a gente leva o conceito de gerenciamento muito a sério. 

O nosso catálogo virtual, por exemplo, além de servir como uma vitrine online para quem vende para o atacado, também é uma ferramenta super funcional para checar o histórico de pedidos por cliente.

Este tipo de análise deve fazer parte do planejamento da sua confecção, ele é igualmente importante aos demais processos. E é a partir dele que você, empreendedor, planeja o que é produzido e, por consequência, estocado.

E por falar em catálogo, não se esqueça de atualizar o seu com frequência. Ao passo que, se determinada peça estiver esgotada, inclua este dado no seu material de divulgação.

Deste modo, quando o cliente receber o catálogo pelo Whatsapp ou acessá-lo pela sua loja virtual, terá informações completas.

Aceite pedidos, gerencie seus clientes e promova seus produtos em um único lugar!

Modelo de estoque ideal para sua confecção

Você sabia que existem diferentes modelos de estoque que um e-commerce pode adotar? A seguir, separamos os principais modelos e como cada um deles funciona:

Estoque próprio: Também conhecido como estoque a pronta entrega. Este modelo, como o nome já sugere, permite a oferta imediata de determinado produto no mercado.

Estoque compartilhado: Muitas vezes, quem tem loja física e virtual costuma utilizar dois estoques. Porém, dependendo da estratégia, adotar o modelo de estoque compartilhado pode ser vantajoso.

Estoque descentralizado: neste tipo de estoque, a confecção armazena a sua mercadoria em mais de um estoque físico. Esse modelo é utilizado por empresas maiores para oferecer um frete com um preço mais atrativo.

O que fazer para aumentar o Giro de Estoque

Agora, se o problema do seu estoque são as peças ‘encalhadas’ e que estão dando prejuízo enquanto estão guardadas, dê uma olhada nas estratégias que separamos para você:

A primeira das opções é a liquidação. Elas são excelentes e ajudam a vender as peças rapidamente. O objetivo deve ser eliminar o que está parado, perdendo valor, para que não se transforme em um prejuízo a longo prazo.

Uma segunda opção são as ofertas dirigidas. Faça uma análise do tipo de peça que está parada e veja quais potenciais clientes podem comprá-las. Experimente fazer ofertas direcionadas a este público bem segmentado.

Outra sugestão é a de aproveitar as datas comemorativas. Ajuste as peças estocadas com as datas sazonais que virão pela frente. Aproveite e faça ações em conjunto com as equipes de marketing.

Por último, invista em divulgação. Crie ações nas redes sociais específicas para estes produtos. Experimente posts diários, inclua stories no Instagram e Facebook e se couber no orçamento, invista em divulgação paga.

Por fim, esperamos que você organize o estoque do seu e-commerce. Esteja sempre pronto para aproveitar as oportunidades de vendas que virão! Bons negócios!

Comece a vender on-line com o seu catálogo!
Venda mais pelo WhatsApp, Instagram e Facebook de forma organizada.
©2023 - Arara Digital - Sistema On-line de Vendas por Atacado - Status do sistema
Desenvolvido por